Escolha uma Página

2016: o que vem por ai!

15.01.2016 | Inovação

Já sentou e pensou no que vai fazer este ano? Para te ajudar, a Trend já preparou uma lista das 05 maiores tendências para 2016.

Vem com a gente!

#1 EMPODERAMENTO FEMININO

Who run the world? Girls! Beyoncé gritou o momento que estamos vivendo em sua música.

O empoderamento feminino nunca esteve tão em voga. Nunca vimos tantas mulheres se posicionando de maneira tão rápida a favor da igualdade de gêneros. E a publicidade machista foi uma das primeiras a serem atacadas, já que muitas ainda possuem um discurso estereotipado para vender para mulheres. Não é somente ser politicamente correto (até porque, ninguém merece).

A tendência para 2016 é uma comunicação que realmente converse com seu público. Seja ele homem, mulher, jovem ou idoso. Se você não está conversando adequadamente, provavelmente está perdendo dinheiro e criando uma mensagem com um impacto negativo.

Em 2016 veremos marcas apoiando causas feministas e se comunicando adequadamente.

#2 LOWSUMERISM

Uma nova forma de pensar diante de tanto consumismo e tanta obsolescência programada. A tendência, escancarada pela Box1824, requalifica o desejo do consumidor, deixando-o menos associado ao excesso.

Apresenta, então, um consumidor consciente, buscando uma vida que acabe gerando o menor impacto ambiental e social possível. Impactos esses decorrentes do consumismo desenfreado. Mas o consumo não morre, ele apenas se torna equilibrado. E as marcas atentas a essa tendência apresentarão produtos mais duráveis e sustentáveis.

Volta-se a ideia de valorização de produtos para uma vida toda.

#3 TECHLICIOUS

Enquanto as investidas no campo da tecnologia continuam, vamos continuar gritando para todo mundo ouvir, como um mantra: pare de ver o mundo através das lentes da tecnologia e comece a ver
a tecnologia pelas lentes das necessidades humanas básicas e desejos. Coloque isso desse jeito: todas as tendências “tech” que te deixam obcecado são legais, mas você pode usá-las para entregar alguma coisa para as pessoas que elas realmente queiram?

Em 2016, um crescente número de consumidores vão demandar que marcas usem cada vez mais as poderosas e acessíveis tecnologias de inteligência artificial para trazer reais produtos e serviços em suas próprias caixas, casas, inboxes e mais.

Humanos têm limites. Suas expectativas não. Me economize tempo! Faça de mim uma pessoa melhor! Faça tudo ser mais fácil! Essa é a demanda e é aí que a tecnologia entra a seu favor.

#4 CON-TEXT-ÚDO

RP, social media, recrutamento, treinamento de funcionários e outras partes dos negócios (finalmente) começam a olhar para o marketing como um hub central para o conteúdo. De alguma uma forma, veremos mais empresas criando com facilidade e efetividade, e disponibilizando conteúdo através de “um banco de conhecimento da própria empresa”, para que outras equipes tirem e incorporem suas informações de uma localização central.

Pode parecer um disco arranhado (e cansativo), conteúdo ainda é o rei, mas, em 2016, contexto é um fator mais forte que nunca. Sem desmerecer a importância de um bom conteúdo, o próximo ano será de foco ainda maior em trazer influenciadores para um marketing mais orgânico e conteúdo mais relevante, além de canais certos para melhor direcionar os conteúdos das campanhas.

#5 PERSONIFIQUE

Em 2016, as empresas buscam ter uma relação muito mais forte com os consumidores criando personas para construir ligações mais significativas. Esses personagens passam a ter moral, ponto de vista, características e ambições.

É uma nova forma de estar presente em uma sociedade mais aberta, que espera que os produtos, serviços, propagandas e políticas empresariais se adaptem a esta nova realidade da população.

Lembrando que em 2015, a questão do gênero e da identidade esteve muito em voga. As empresas em 2016 querem estar mais próximas e atender a todo e qualquer tipo de consumidor!

Leitura adicional